-

-

7 de maio de 2011

aah como eu quero !

me lembro da primeira boneca que eu quis , era linda com os olhos claros que eu sempre desejei e cachos loiros ouro que era um sonho. Hoje quando me chamam de boneca me sinto tão realizada, continuo sem os olhos claros e nem tenho os tais cachos loiros, mas me tornei uma boneca do meu jeito, com vestido amarrotado, olhos escuros e beeeem desenhados. Eu aprendi a ser feliz com o que tenho, eu me cobrava tanto ser feliz que nem percebia que já era. Aprendi amar detalhes e defeitos e pra falar a verdade não vivo sem eles -ninguém vive. Já parou pra pensar se não existisse problemas, se tudo fosse perfeito? Não haveriam lições de vida, nem aquelas brigas que sempre terminam com um abraço apertado, cheio de arrependimento e desculpas. Se todos fosse perfeito não haveria graça, pois são justamente os defeitos que nos diferenciam, nos fazem merecer um amor único, pois amar é isso aceitar defeitos. Sabe o que eu quero? Quero ser feliz, do meu jeito, com o que tenho, com você ou com outro, só não quero ser de ninguém e nem ter alguém pra mim. Isso não quer dizer que quero ficar só. Olhe minha mãe me deu a vida, cuida de mim e mesmo assim eu não sou propriedade dela, tenho minha vida, faço minhas escolhas, sou livre e mesmo que eu me case vou continuar sendo, tudo é questão de escolha e respeito. Também nunca fui de prender ninguém, quem me conhece sabe bem disso. Penso que cada um sabe o que é melhor pra si mesmo e que quando se é induzido por alguém a fazer ou deixar de fazer algo você acaba se tornando o que querem que você seja. Só o que eu quero é continuar sendo eu. Complicada e sem o perfeitinha. Posso ser chata, e as vezes estúpida, maluca e irresponsável. mas sempre serei eu : a pateta que te faz gargalhar quando todos devem ficar em silêncio, a que te atende as quatro da madrugada de uma terça quando todos devem estar dormindo, aquela que te ouve e te dá os conselhos mais loucos tipo. -ele me traiu. - aah mata ele amiga eu te dou cobertura. A que te acolhe quando todos te dão as costas, a que te enche o saco quando não tem nada pra fazer. Eu tenho orgulho dos meus defeitos, se não fosse por eles eu seria só mais uma, e não sou. Tenho o meu diferencial.  Hoje sou quem sempre quis ser, só quero que continue assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário